Translate

Translate

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Majestade dos silêncios


Quanto silêncio
incrustados nessas paredes suntuosas
como se dentro
morassem verdades secretas
mesmo o vento
parece dobrar-se diante dela
e em sua proteção
derrama-se um manto celeste
numa incasável vigília
com tão bela postura
ostenta suas cruzes
sentada em cima do medo
de não merecer o perdão
ainda que tão perto do céu
tem suas torres
iluminadas pela luz elétrica
às vezes
no acender e apagar de luzes
deixa escapar sua angústia
pelos tantos pecados
que encharcam de sombras
sua reputação entre os homens
e sem a menor alegria
fica ali...
apontada para o céu
ouvindo confissões insanas
a manchar a brancura de sua alma
embebendo de desenganos
seus tapetes vermelhos de festa
tão bela, mas endurecida
imponente, mas cheia de medos
no silêncio sombrio de uma longa vida
................................
(Poema de Valéria Gomes)
................................
(Foto de Beto Bocchino)
...............................
(Igreja de Itajai)

11 comentários:

  1. Nossa amiga que intenso teu texto.
    Tão cheio de ensinamentos e poesia.
    Gostei muito de passear por ele, com brilho nos olhos é lindo!
    Muito bem escrito.

    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  2. Silêncio...que tanto tem pra dizer...

    ResponderExcluir
  3. Muito forte, bem profundo.

    Beijo minha querida*

    ResponderExcluir
  4. É verdade, quantos mistérios,silêncio e confissões reveladas.
    Bom para refletirmos.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Val,

    Surpreeendente texto! Escrito com sentimento e beleza!

    Bjs minha querida!

    (Estou um pouco afastada do blog, mas não dos amigos!)

    ResponderExcluir
  6. oi, poetisa, tudo bem?

    maravilhoso esse poema.

    ResponderExcluir
  7. VAL...
    DESCULPE NÃO TER VINDO ANTES AMIGA...SOU UMA AMIGA RELAPSA...SORRY.
    COMO VC ESTÁ?
    SENTI SAUDADES TUAS E DE TEUS POEMAS,,,VENHO AQUI E JÁ ME DEPARO COM TÃO LINDA POESIA...
    VC É MARAVILHOSA.
    ESPERO QUE TUDO ESTEJA BEM, VOLTAREI EM BREVE A TE VISITAR.
    BJUIVOS NO SEU CORAÇÃO.
    LOBA.

    ResponderExcluir
  8. Olá, vim te convidar a passar no hanukká e ler sobre anjos, a ministração deles em nossas vidas.
    Os anjos são reais! São seres espirituais criados em tempos eternos com finalidades definidas e que estão ao derredor dos escolhidos do Senhor, livrando-os e conduzindo-os no dia-a-dia. Não devem ser adorados, cultuados. Em relação a eles cabe a nós a certeza do grande amor de Deus, que de todas as formas procura amparar os seus filhos e propiciar-lhes uma vida de vitórias.

    bjos.

    ResponderExcluir
  9. Olá minha linda e amada amiga! Quero que saiba que estou muito feliz em poder estar novamente aqui lendo e absorvendo seus sempre lindos e emocionantes versos! E estes estão profundamente belos e tocantes! Saudades muitas de ti!!! Abraço-te com sincero carinho... Bjsss

    ResponderExcluir
  10. Valéria, o poema está soberbo!!!
    Bj

    ResponderExcluir
  11. Valéria: lindo Poema sabes se a Igrejas falassem tinham muitos segredos para revelar, mas elas com as suas majestosas torres ficam em silêncio para sempre e nunca revelaram os segredos ali confessados.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir

Venha confiar-me tuas palavras
Deixe-me envolver o teu pensar
Posso até tocar teu coração, mas
A tua presença, será como um abraço na alma.